Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2019

O volume do Ginásio do Caic em Campina Grande. A influência de Lelé.

O volume do Ginásio do Caic de CG. Textos e fotos: ALCILIA AFONSO. 2019 O ginásio possui uma arquitetura  forte e potente, mas sofre, porém sofre o descaso na conservação de seus elementos estruturais, que ao que parece, nunca foram devidamente conservados, pintados, mantidos. AFONSO(2019) escreveu: "Um espaço generoso e necessário ao público daquela comunidade encontra-se sujo, abandonado, sem conservação externa e interna, reforçando que não interesse daquela gestão em dar vida ao local. Mas por quê? Difícil se compreender, quando se pode observar que o entorno é composto de outras escolas públicas, até mais recentes, que podiam também usufruir deste espaço.  Todo este espaço encontra-se muito mal conservado, com pichações por todas as partes, observando-se uma falta de gestão na sua preservação." O acesso ao ginásio é realizado através de uma escadaria em concreto, como também através de passarela que o interliga com o bloco de dois pavimen

A obra do CAIC em Campina Grande, Paraíba.

A obra do CAIC em Campina Grande, Paraíba. Texto extraído de artigo de Alcilia Afonso(2019) Na cidade de Campina Grande, o projeto original da equipe de Lelé sofreu alterações, mas mesmo assim conseguiu manter a essência projetual e construtiva proposta pelo mestre, conforme será visto a seguir. A Obra do arquiteto João Filgueiras Lima, Lelé, possui um forte componente técnico e artístico, conforme colocou COSTA (1985), que escreveu que este era um arquiteto de sensibilidade artística inata, mas fundamentalmente voltado para a nova tecnologia construtiva do “pré-moldado”, enfrentando e resolvendo de forma racional, econômica e com apurado teor arquitetônico os mais variados e complexos desafios que o mundo social moderno programa e impõe.  Introdução A denominação de CIAC foi modificada por CAIC, Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente José Jofilly, estando implantado no bairro das Malvinas, entre as Ruas Antonio Gomes Pereira e Nivaldo Henrique de Olive